Teatro shopping frei caneca

Eleito o melhor teatro em shopping center de São Paulo e um dos 4 melhores da cidade, o Teatro Frei Caneca, inaugurado 2005, possui um dos maiores palcos de teatro do Brasil com infraestrutura que permite receber espetáculos simultâneos e de diversos segmentos como musicais, óperas, eventos corporativos e gravação de programas em áudio e vídeo em formato digital.

Um dos destaques do local é o projeto de acústica e sônica assinado por José Augusto Nepomuceno, consultor de empreendimentos consagrados no Brasil e exterior.

Com capacidade de 600 lugares, o teatro conta também com dois foyers com aproximadamente 1.300 m² de área com banheiros masculino e feminino.

Horário de Funcionamento Bilheteria
De terça a domingo a partir das 13h.
Em dias de espetáculo a bilheteria funciona até o início do último espetáculo. Nos outros dias atendimento acontece até as 19h.

Mais informações:(11) 3472-2229 e (11) 3472-2230

Teatro Shopping Frei Caneca
4ª Festival de Férias - Teatro Shopping Frei Caneca

Peça em Cartaz

4ª Festival de Férias - Teatro Shopping Frei Caneca

Direção:

Nos meses de janeiro e fevereiro, o Teatro Shopping Frei Caneca recebe a quarta edição do Festival de Férias. Durante sete finais de semana, mais de onze nomes da comédia, humor, música e entretenimento da atualidade dividem um dos mais tradicionais palcos da capital Paulista.


Ana Gabriela, Barbixas com Improvável, Diogo Almeida, Ed Gama, Emerson Ceará, Luciana Zogbi, Marcos Castro, Marco Luque, Nany People, Renato Albani, Vania Ferrari e Outro Eu são as atrações confirmadas para o Festival.


- ANA GABRIELA


Ana Gabriela é uma cantora, compositora e musicista com muita coisa boa pra cantar. Natural de São José do Campos (SP), a jovem artista despontou após publicar na internet um vídeo cover da canção “PRA VOCÊ DAR O NOME”, da Banda 5 A SECO, em 2016: Foram mais de 1,5 milhões de visualizações em menos de 24 horas.


De lá pra cá, Ana não parou mais de tocar e sua base e fãs, aumentar. Fenômeno entre o público jovem brasileiro (mais de 1,2 milhões de seguidores em seu canal do YouTube), a cantora já alcançou a notável marca de mais de 139 milhões de acesso em seu canal do Youtube.


Ana já integrou o TOP 20 GLOBAL no Spotify, rodou o Brasil com um tour de 100 shows em um só ano, foi indicada na categoria “Melhor Cover da Web”, do prêmio Multishow e se apresentou no Palco Digital do Rock in Rio, tudo isso apenas em 2017. Em 2018, recém mudada de São José dos Campos para São Paulo, Ana Gabriela pretende explorar seu lado mais autoral, por meio de novas canções de novas sonoridades.


“Finalmente me encontrei em relação a tudo, minha vida pessoal, musical e até no jeito de me vestir. O que eu espero que as pessoas entendam que esse próximo trabalho sou eu mesma, não tem nenhuma máscara. Espero que gostem e se surpreendam com isso”, continua a artista. “Meu propósito é ajudar as pessoas através da minha música e ser feliz. Viver disso já está sendo um sonho gigantesco”.


- BARBIXAS em IMPROVÁVEL


Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna, do grupo Os Barbixas apresentam o show de humor Improvável no mês de janeiro às sextas, sábados e domingos no Teatro Frei Caneca.  A peça utiliza a improvisação como linguagem para a criação de jogos e cenas artísticas de humor.


Criado em 2007,  Improvável se inspirou no programa de televisão britânico Whose Line is It Anyway? e em dois espetáculos brasileiros de improvisação: Zenas Emprovisadas e Jogando no Quintal. Ao longo dos anos, o palco do Improvável recebeu diversos nomes do humor nacional e internacional, entre eles: Fábio Porchat, Marco Luque, Rafinha Bastos, Oscar Filho, Marianna Armellini, Maurício Meireles, Gustavo Miranda (Colômbia), Jose Luiz Saldanha (México), Mario Bomba (Portugal) e César Mourão (Portugal).


Como funciona o espetáculo? Tudo começa com o mestre de cerimônias. Ele apresenta as regras de cada jogo e interage com o público para conseguir sugestões de títulos e temas para as cenas de improviso. Os atores, então, improvisam as cenas no ato, sem preparação prévia. Dessa forma, uma apresentação nunca é igual à outra.


Para quem não sabe, o ato de improvisar exige muito treino. Os atores precisam desenvolver agilidade de raciocínio e a química entre si. Para isso, os Barbixas realizam um profundo processo de pesquisa e de ensaios, onde são criados os jogos e estudadas as mecânicas de jogos já praticados por outros grupos de improviso no mundo.


Números improváveis


Nos últimos 11 anos, Improvável foi visto por mais de um milhão de pessoas em apresentações pelo Brasil. No Teatro Tuca, em São Paulo, o espetáculo bateu o recorde de permanência de uma peça teatral em cartaz: são 10 anos seguidos.


Os Barbixas têm um canal no Youtube que soma mais de 800 milhões de visualizações e possui quase 3 milhões de inscritos. Em média, são mais de 10 milhões de acessos por mês. Os vídeos são publicados todas as terças e quintas. Em 2010, o canal dos Barbixas entrou para a lista das 100 webséries mais vistas do mundo. No Twitter, são quase 1,7 milhão de seguidores; no Facebook, mais de 1 milhão de curtidas; e no Instagram são mais de 137 mil seguidores.


Cia. Barbixas de Humor


A Cia. Barbixas de Humor foi concebida de forma tão improvável quanto o próprio espetáculo. É uma longa e sincronizada história. Na adolescência, Anderson, Daniel e Elidio estudavam juntos no Colégio Jardim São Paulo, na Zona Norte da capital paulista.


O trio percebeu que gostava do mesmo tipo de humor: da série cômica inglesa Monty Python; do ator e comediante britânico Rowan Atkinson, famoso pelo seu personagem Mr. Bean; do grupo português Gato Fedorento; dos espanhóis do El Tricicle e da dupla australiana do Umbilical Brothers, entre outros.


 Subiram ao palco juntos pela primeira vez em 2001 com um cover do esquete History of the Joke, apresentado no intervalo do festival de música do colégio. Três anos depois, em 2004, fundaram oficialmente a Cia. Barbixas de Humor.


O nome do grupo nasceu igualmente de um improviso e foi, propositalmente, registrado com a letra X: Barbixas. A “barbixa” virou marca registrada dos integrantes do grupo. “Apenas a tiramos ou deixamos a barba toda crescer quando estamos em férias. As pessoas sempre nos perguntam: Ué, não tá de barbicha? Ou seria de Barbixas?”, contam.


- DIOGO ALMEIDA em VIDA DE PROFESSOR


Em 80 minutos de show, o comediante faz um raio x do cotidiano da vida dos professores e de quem convive com eles. Relata, de maneira inusitada e engraçada, as situações que envolvem os docentes e demais profissionais ligados à educação. Tipos de professor, tipos de aluno, relacionamento amorosos e conjugal, a sala dos professores como ambiente de interação, os pais dos alunos, relação entre os professores a coordenação pedagógica, entre outros assuntos você encontra em Vida de Professor.


- EMERSON CEARÁ


Emerson Ceará é um grande contador de histórias. Em seu mais recente show, o comediante segue com o seu estilo ácido e direto, misturando a tradição dos grandes comediantes do Nordeste com a modernidade da comédia stand up da atualidade. Em pouco mais de 60 minutos de show, Ceará discorre sobre os dilemas do mundo atual, como as relações com as atendentes de telemarketing, o uso do cartão de crédito, entre outras histórias autobiográficas.


- Luciana Zogbi – Where We Belong


Nós sempre terminamos onde nós pertencemos. Grande parte da sabedoria filosófica está depositada nessa frase, porque ela não tem fronteiras – é aberta a interpretações e aplicações positivas quase infinitas. Ela (a frase) resume e define o novo single de Luciana Zogbi, uma artista literalmente sem fronteiras e que foi justamente moldada pelo mundo. Não à toa seu novo single se chama “Where We Belong” (Onde nós pertencemos, em tradução livre)


A música é um passo grande adiante da artista que nasceu com “Could We Be”, onde flertava em mistura de Adelle com Amy Winehouse, pop moderno, rock alternativo e até jazz. Elementos eletrônicos foram introduzidos e até mesmo referências a tambores africanos aparecem no novo trabalho. E isso tudo é reflexo da própria história da jovem cantora e compositora.


Ela nasceu em São Paulo, morou na Bahia na infância, tem descendência libanesa e explodiu no mundo todo pela Internet, com epicentro em Los Angeles, que de certo modo a adotou.


Quando se coloca “explodiu na Internet” o termo pode ter conotações de medidas muito variadas. A medida dela foi realmente explosiva. Ela já transitava pelas artes, dança, teatro e canto desde pequena, mas quando começou a postar covers no YouTube foi gasolina em mato seco – apenas o cover dela de “All of Me”, de John Legend, já bateu em quase 80 milhões de visualizações.


Seu canal no YouTube tem1,7 milhão de fãs; no Instagram, 280 mil, e mais meio milhão no Facebook. Ou seja, o termo explodiu na Internet carrega toda a propriedade da palavra.


Conforme descrito, “Could We Be” foi uma libertação para ela, quando lançou seu primeiro trabalho autoral e que teve enorme recepção positiva. Isso a encorajou a ir além, a encontrar (desculpe o trocadilho) a verdade a que ela pertence.


“Where We Belong” traz a mesma voz mágica de Luciana, que modula com uma leveza que soa etérea. O som é mais eletrônico, o beat é dançante, guitarra, sintetizador, marcações que por vezes entoam como um reaggaeton de Shakira encontrando a contemporaneidade de rock que flerta com eletro, como Imagine Dragons.


“Compus essa música na Bahia, onde passei a infância. Perto de uma vila de pescadores, muitos de origem africana. Por isso os tambores no pré-refrão e a história verídica minha e de um amigo, de duas crianças selvagens que tomam os respectivos trens da vida e esses nos levam longe de onde imaginávamos que seria nosso destino”, diz Luciana.


Nesse ponto voltamos à frase de abertura do texto, que é trecho e resumo do single. Ainda bem que o seu trem nos trouxe essa música, que agora a todos pertence.


- MARCOS CASTRO e ED GAMA em UM PALCO, DOIS TROUXAS


Comédia de cara limpa, imitações e paródias são alguns dos artifícios usados pela dupla de humoristas Marcos Castro e Ed Gama, no show “Um Palco, Dois trouxas”. “Fora de cena, somos amigos e conhecemos bem o estilo do outro de fazer humor. Daí, veio a ideia de levar essa versatilidade para o teatro e produzir um espetáculo que fugisse de rótulos por combinar vários tipos de recursos artísticos, e que, ao mesmo tempo fosse dinâmico e acima de tudo divertido”, explica Castro.


Acostumados a produzir conteúdos juntos para o YouTube, a dupla pretende trazer para o show não apenas alguns dos números que já fazem sucesso na internet como o quadro “Famosos Cantam” - em que hits do universo geek e nerd são interpretados por personalidades diversas, incluindo Maria Bethânia, Dinho Ouro Preto, Faustão e Silvio Santos - mas principalmente novos números de humor pautados pela atualidade. “O show está em constante evolução. Procuramos estar sempre antenados com o que vem acontecendo e queremos que todas as piadas tenham essa conexão com a atualidade. A comédia precisa dialogar com o cotidiano das pessoas para gerar identificação”, destaca Gama.


Marcos Castro é comediante, matemático e um dos principais produtores de conteúdo audiovisual para internet brasileira. É o principal nome do canal Castro Brothers, que possui mais de 3 milhões de inscritos e contabiliza mais de 350 milhões de visualizações. Os vídeos são pautados pelo humor e abrangem diversos estilos, com destaque para paródias, musicais, animações, esquetes e vlogs. Atua como humorista desde 2007, fazendo stand-up comedy. Já participou de diversos grupos de comédia e se apresentou em diversos estados brasileiros com o solo “Meu Número” e também no Japão.


Ed Gama é o principal nome do cenário humorístico de Alagoas. Desde 2010, já rodou cidades de todo Brasil com seus shows, onde mostra sua versatilidade como comediante de cara limpa, imitador, músico e improvisador. Foi vencedor de uma das edições do quadro "Quem Chega Lá", chegando inclusive a compor o elenco de humor do programa de Fausto Silva. Na internet, produz vídeos para seu próprio canal além de fazer parte do elenco do canal Castro Brothers.


- MARCOS CASTRO em MEU NÚMERO


Em tese, Marcos Castro é um só. Mas, na prática, a perspicácia deste carioca de falar sobre os mais diversos assuntos, faz com que este se multiplique, assumindo os papéis de humorista, músico, ator, editor de vídeos, game designer e até de matemático. Não foi à toa que ele resolveu batizar seu solo de Meu Número. “Fiz mestrado na área e não podia deixar isto passar em branco. Pensei em chamar o show de x, y, z, ou até mesmo Pi, mas como muita gente não gosta de matemática, eu acabaria espantando o público”, brinca.


Durante 80 minutos, o humorista de cara limpa, munido apenas de um microfone e seu violão, apresenta uma miscelânea de temas, que vão desde os mais clichês, como relacionamentos, música e família, até os mais incomuns, como universos paralelos e interpretação de sonhos.


Sobre Marcos Castro


Atualmente, Marcos Castro é um dos brasileiros que mais se destaca em produção de conteúdo humorístico para a internet. É o dono do canal Castro Brothers no YouTubeque conta com 3.4 milhões de assinantes e 400 milhões de visualizações. Nele, o comediante publica diversas séries de humor e música, com destaque para o quadro UTC - Ultimate Trocadilho Championship, um campeonato de trocadilhos em que diversos participantes duelam com o objetivo de fazer o outro rir.


Revelado em 2007 na Stand-up Comedy pelo grupo Comédia em Pé, Marcos Castro participou da fundação dos grupos como Sindicato da Comédia e Comédia Carioca e já se apresentou nos principais clubes de humor do Brasil. Foi um dos finalistas da primeira edição do torneio Quem Chega Lá, promovido em 2008 pelo Domingão do Faustão e também já marcou presença em diversas atrações da TV, entre elas The Noite, Programa do Porchat, Programa do Jô, Agora é Tarde, Comedy Central Apresenta e Encontro com Fátima Bernardes. Além disso, já se apresentou com seus shows por todo o Brasil e também no Japão.


- nany people em 3 em 1


Nany People em 3 em 1 é diferente, um stand up inovador e provocador, pois apresenta histórias e situações vivenciadas pela artista durante a sua trajetória profissional e pessoal. Em tempos do "Politicamente Correto" engessando a sociedade como um todo, o espetáculo trata assuntos dos mais variados temas sempre abordados com bom humor e inteligência. Nany, solta o verbo e convida a plateia a meditar e se divertir com suas observações provocadoras; A identificação do público é imediata. Um espetáculo intimista e divertido, onde a trajetória de vida da artista é decantada com Emoção, Convicção e Paixão!  Afinal, entre o Amor e a Paixão, paira o anexo da Ilusão... Ou não!


- RENATO ALBANI em ALGUÉM ME EXPLICA O MUNDO


Depois do sucesso de “O melhor trabalho do mundo”, Renato Albani apresenta o seu segundo solo de comédia stand-up. Em “Alguém me explica o mundo”, o comediante apresenta seu ponto de vista peculiar e bem-humorado sobre a evolução da vida e as suas consequências. As dificuldades e facilidades de morar sozinho, a diferença das pessoas com o passar dos anos e sobre a hipocrisia de rir dos outros, mas não rir de si mesmo.


Sobre Renato Albani


Um dos principais nomes da nova geração da comédia nacional, o capixaba Renato Albani abriu mão de uma vida estável para se dedicar à comédia. Perdemos um engenheiro, mas ganhamos um cara que nos faz rir. Sorte do público. Segue em temporada em São Paulo e em turnê por todo o país. Hoje, participa dos maiores shows do país, além de fazer parte do elenco do Comedians Club, maior casa de comédia do Brasil.


- VANIA FERRARI


Inteligente, bem-humorada, com muito conteúdo. Não é tímida, não tem vergonha de rir alto, nem de provocar a plateia. Não se incomoda em incomodar – desde que isso faça as equipes e líderes crescerem. Cheia de sinceridade e sem papas na língua, tudo que quer é chacoalhar: fazer as pessoas saírem das suas zonas de conforto, mostrar que é possível encontrar (muita) felicidade no trabalho e que é possível realizar e conquistar sempre coisas novas.


Sobre Vania Ferrari


Palestrante há 10 anos, Vania tem muito conteúdo, e uma abordagem que faz refletir e garante boas gargalhadas. Ela une situações que vivenciou nos seus 30 anos de "Mundinho Corporativo", com temas atuais e relevantes sobre o que é trabalho no século 21. Vania tem 2 livros publicados e um canal no Youtube onde junto com a sócia Anna Nogueira, compartilha pílulas de conteúdos sobre diversos temas relacionados a carreira. Vania é administradora, pós-graduada em gestão de pessoas e especialista em melhoria contínua de processos. É Green Belt pela GE e Black Belt pela Vivo. Assumiu o primeiro cargo de gestão aos 25 anos. Tem 31 anos de experiência no mercado, atuando em marcas como AOL, Sudameris, IBM, Vivo, Repense e Thymus. 


- OUTRO EU


Nascidos em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, Mike Tulio e Guto Oliveira formam o duo OutroEu. Amigos desde a adolescência, eles começaram a compor juntos em meados de 2015 e, no ano seguinte participaram da terceira edição do reality global Superstar, onde passaram à final e terminaram a competição em terceiro lugar.


Coisa da Casa, composta por Mike e Guto em meados de 2015, foi a canção com maior número de votos, alcançando 93% de aprovação do público, recorde da temporada. A música autoral, mais tarde viraria o primeiro single deles. Ao final da competição, eles assinaram com o selo SLAP, por onde lançaram o primeiro álbum autointitulado OutroEu.


Circulando pelo mundo do Folk, os dois incorporam elementos da MPB e do Pop em suas canções. As referências musicais são Maria Gadú, Ed Sheeran, John Mayer, Los Hermanos, Cold Play e Marcelo Jeneci.


Com Mike no vocal e violão e Guto na guitarra e segunda voz, OutroEu lançou em novembro de 2017 a música Ai de Mim, que conta com a participação da cantora Sandy.


Ai de Mim fez parte da trilha sonora de O Outro Lado do Paraíso e ganhou versão em vídeo clipe, lançado em abril de 2018. O vídeo já ultrapassa 3 milhões de visualizações e no Spotify mais de 7 milhões de plays, ainda na plataforma, OutroEu acumula 400 mil ouvintes mensais.


- MARCO LUQUE em TAMO JUNTO


Pela primeira vez no Festival de Férias, Marco Luque apresenta seu stand up comedy TAMO JUNTO e de forma divertida conta situações vividas por ele que levam a plateia a constantes gargalhadas.
Atualmente, o humorista tem um canal no YouTube chamado “Marco Luque TV” e apresenta o espetáculo “1, 2, 3, testando” e o stand up “Tamo junto!”,. Ele também integra a equipe do programa Altas Horas, da Rede Globo, e o humorístico “Vai Que Cola”, do Multishow. Na atração apresentada por Serginho Groisman, Marco Luque atua em cenas externas, brinca com dublagens e reveza os seus personagens no palco, interagindo com a plateia. Nas redes sociais, Marco Luque conta com mais de 15 milhões de seguidores e está entre os perfis mais influentes do Brasil, destacando-se pela interatividade sempre bem-humorada com o seu público.


Os principais hobbies do artista são praticar esportes, viajar e esculpir. Ele mesmo é responsável por criar as próteses e máscaras para os seus personagens.




outras peças
...